Tamarind

Chegar a um restaurante, ser recebido pelo Chef, que se revelou um óptimo anfitrião e ouvir do próprio as suas sugestões, confesso que é um cartão de visita que cai bem a qualquer "freguês". É assim no Tamarind.
O Chef Hardev Walia, de nacionalidade indiana, faz questão de se apresentar, de apresentar o seu restaurante e explicar o conceito da sua cozinha. Uma cozinha indiana assente em produtos frescos que se inspira na filosofia Ayurveda, uma ciência médica desenvolvida na Indía há milhares de anos que entre outras coisas nos diz que "o primeiro remédio encontra-se na nossa cozinha".
A reserva. Foi para o jantar, atraves da promo 2x1 da Time Out, mas em alternativa ao Menu Time Out, o Chef propôs a escolha da carta e toda a comida teria um desconto de 50%. Ficaria ao nosso critério. Optou-se pela carta.
Na escolha dos pratos, seguiu-se o conselho do Chef Hardev que propôs "rogan gosh", borrego estufado, com cominhos, tomate e pimentos (sublime), "galinha makhani", com tomate e manteiga e umas gambas deliciosas que não me recordo o nome nem o que levavam. Tudo acompanhado por arroz pilau (cravinho a mais para o meu gosto, bem sei que estou num indiano) e pão nan. Antes de tudo entreteve-se a boca com Papadums com vários molhos. Para terminar, um misto de várias sobremesas.
A carta de vinhos é curta mas bem escolhida e com vinhos de várias regiões. Escolheu-se um Duas Quintas Tinto 2007 a preço muito justo. Os copos eram bons e a temperatura do serviço também.
Resumindo. Comida óptima, atingindo o auge com o "rogan gosh". Serviço muito bom, contando com a simpatia do Chef Hardev. Ambiente muito bom, com muita gente jovem a dar um ar cool ao espaço. O único reparo negativo vai para o preço, excessivo para o que se comeu (se nao fosse o desconto Time Out, tinha-se pago mais de 25€/pessoa). Parece que ao almoço há um menu por 9,50€.