Peixe em Lisboa 2010

PEIXE EM LISBOA 2010 APOSTA NA COZINHA DO BRASIL

A terceira edição do Peixe em Lisboa, evento gastronómico organizado pelo Turismo de Lisboa, com o apoio do Turismo de Portugal e da Câmara Municipal de Lisboa e produção da EV Essência do Vinho, vai realizar-se de 10 a 18 de Abril de 2010, no Pavilhão de Portugal, no Parque das Nações.

Neste ano, a organização faz uma aposta na cozinha do Brasil, trazendo até ao evento vários dos mais conceituados chefes daquele país, estando já confirmadas as presenças de Alex Atala, Claude Troisgros, Bel Coelho e Tsuyoshi Murakami.

Tal como nas edições anteriores, o Peixe em Lisboa terá 11 dos mais reputados restaurantes da região de Lisboa, a funcionarem permanentemente no recinto, das 12h à meia-noite, bem como diversos espaços temáticos, com destaque para o Mercado Gourmet. No auditório, ao final da tarde, chefes portugueses e estrangeiros farão apresentações gastronómicas, tendo sempre os peixes e os mariscos como tema.

Além dos chefes brasileiros, a que se irão juntar cozinheiros de outras nacionalidades a anunciar posteriormente, já confirmaram presença Alexandre Silva (restaurante Bocca, Lisboa), Bertílio Gomes (Casa da Comida, Lisboa), João Sá e André Simões (G-Spot, Sintra), José Avillez (Tavares, Lisboa), Leonel Pereira (Panorama, Hotel Sheraton Lisboa), Luís Baena (Manifesto, Lisboa), Miguel Castro e Silva (De castro Elias, Lisboa), Rui Paula (DOC, Folgosa do Douro) e Vítor Sobral (Tasca da Esquina, Lisboa). Outros cozinheiros a trabalhar em Portugal serão também anunciados em breve.

O Melhor do Brasil

A aposta na cozinha que hoje se faz no Brasil justifica-se pelo facto de actualmente ser um dos países mais interessantes do ponto de vista gastronómico, em que se destaca a enorme diversidade e qualidade dos restaurantes de São Paulo, estando a viver um efervescente momento de modernização, mas mantendo sempre uma grande ligação às suas tradições (que, como é sabido, têm forte influência portuguesa) e aos seus variadíssimos produtos.

O Peixe em Lisboa vai assim apresentar aos seus visitantes nomes como o do paulista Alex Atala, cujo restaurante D.O.M. ficou em 24º lugar na lista dos “50 Melhores do Mundo” elaborada anualmente pela revista britânica Restaurant, sem dúvida o nome mais prestigiado da moderna cozinha brasileira, com um trabalho reconhecido internacionalmente e que tem mostrado produtos menos conhecidos do Brasil, salientando-se os da Amazónia, com os peixes, frutas e vegetais de sabor exótico.

Virá também Claude Troisgros, da célebre família que detém em Roanne, França, o restaurante três estrelas Michelin onde o seu pai Pierre e o seu tio Jean contribuíram decisivamente para a revolução da Nouvelle Cuisine nos anos 60 e 70. Foi justamente em finais dos anos 70 que Claude Troisgros chegou ao Rio de Janeiro, tendo rapidamente promovido também ele uma “revolução” ao usar produtos brasileiros segundo as técnicas culinárias francesas mais modernas. Hoje, ele considera-se “franco-carioca” e o restaurante no Rio de Janeiro, Olympe, é tido como um dos melhores do Brasil.

Já Bel Coelho, cuja família próxima tem origem portuguesa, é vista como um dos nomes com mais futuro da cozinha do Brasil, tendo-se formado no famoso Culinary Institute of América (CIA) e trabalhado com chefes como Alex Atala, entre outros de grande prestígio. Neste momento, está à frente do restaurante Dui, em São Paulo.

Também desta cidade, embora seja carioca de nascimento, vem Tsuyoshi Murakami, que sucedeu ao seu sogro num dos melhores restaurantes de cozinha japonesa do Brasil, o Kinoshita, tendo sido considerado em 2009 o “Melhor Chefe” pela revista Made in Japan e “Chefe do Ano” pela revista Prazeres da Mesa. De temperamento expansivo, Murakami é um bom exemplo do cruzamento da cozinha japonesa com a brasileira, prometendo surpreender e divertir o público no Peixe em Lisboa 2010.

Fonte www.essenciadovinho.com