As Wine Battle do Alfândega (Lisboa)

Já lá vão oito anos que o Alfândega abriu portas ali junto à Praça do Comércio, na rua com o mesmo nome. Estive lá, no seu primeiro ano de vida, numa altura que a cidade começava a modernizar-se, muito impulsionada pelo aumento do fluxo turístico resultante das operações das companhias aéreas low cost, que cada vez voavam mais para Lisboa.
Vivia-se um grande boom na sofisticação da restauração de Lisboa, com muitos espaços a abrir e a transformar a oferta gastronómica mais moderna e arrojada. Mas claro, como sempre nestas ocasiões, muitas dessas propostas foram ficando pelo caminho, enquanto que o Alfandega, apesar de nos dias que correm ir estando um pouco mais afastado dos focos dos hipsters, ainda por cá anda. E a julgar pela vitalidade que tem mostrado nestes últimos tempos, andará por muito mais tempo.

As Wine Battle foram o mote para, ao fim deste anos, voltar a este espaço. Esta é apenas uma das faces dos vários jantares temáticos idealizados pela equipa do Alfandega, que perante as adversidades dos tempos que vivemos, arregaça as mangas e põe a imaginação a trabalhar em vez de chorar a carga de impostos. Estes confrontos vínicos consistem em colocar frente a frente dois vinhos da cada produtor (um branco e um tinto) que são servidos às cegas num jantar de quatro pratos, para no final, os manducantes - esta roubei ao José Quitério (vénia) - presentes escolherem o seu preferido que será eleito o vinho do mês seguinte no restaurante.

Mais importante que ganhar ou perder, pareceu-me, é a boa disposição que se gera e as muitas conversas à volta dos vinhos que vão chegando aos copos, em que às vezes até os próprios produtores ficam na dúvida qual é o seu. Uma forma simples e alegre de colocar não entendidos a pensar o vinho, resultando daí sempre conversas e pontos de vista muito interessantes. Uma ideia muito bem conseguida, que agrada a todos, sejam mais ou menos conhecedores. Eu gostei.


Nesta edição, a Quinta Mendes Pereira, do Dão, desceu a Lisboa para desafiar a Quinta das Carrafouchas, que jogava em casa. Na foto, um homem do Dão (à esq) a mostrar o seu fairplay perante o António Maria, o responsável pela Quinta das Carrafouchas.


Raquel Mendes Pereira, proprietária da Quinta Mendes Pereira, na hora de falar dos seus vinhos e lançar as equipas a jogo.

O confronto foi adornado pela refeição, em quatro momentos, preparada por António Malta, o Chef do Alfandega. Aqui, um desses momentos, com a Bochecha de Porco no forno com Puré de Castanhas e Molho de Salsa. Carne muito boa, macia, passada no ponto certo, com o puré muito sedoso, a não trazer peso a um conjunto muito conseguido. Aliás, tenho de referir, apesar do mote da noite serem os vinhos, a refeição brilhou tão alto quanto os mesmos, tudo muito bom.  


Está de parabéns o Alfandega. Pelos anos que já conta a proporcionar bons momentos aos lisboetas, mostrando uma consistência, invejável para os dias que correm e, por esta mais recente faceta de criar jantares temáticos, não só para dinamizar o seu negócio, mas também para trazer ainda mais boa disposição à mesa.

NOTA: As Wine Battle ocorrem na última quinta-feira do mês, têm o preço de 20€ por pessoa (vinhos incluídos) e pode-se ter acesso a mais informações na página de Facebook dos próprios.


Restaurante Alfândega
Rua da Alfândega, 98 - Lisboa
Tel: 21 886 1683
Email: restaurante.alfandega@gmail.com
Ementa online (o que é de saudar)
Almoços de Segunda a Sexta e jantares de Terça a Sábado.

Marcadores: , , , , ,